Recuperação Dependentes Químicos, Alcoolismo e Depressão
Clínica com 38 anos de experiência na reabilitação de dependentes químicos, no tratamento do alcoolismo e depressão.
Ligue (11) 4414-5577
Ou preencha o formulário abaixo

Transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) é um transtorno de ansiedade extrema que pode desenvolver-se após a pessoa passar por um evento traumático que ameaçou a sua segurança a fez sentir-se impotente. 

Pode afetar também pessoas que possui uma experiência pessoal com fatalidades, ou aquelas que testemunham essa situação, como os profissionais de emergência e os agentes da lei. Isto pode ocorrer até mesmo com amigos ou familiares daqueles que passaram pelo trauma real.

O TEPT desenvolve-se de forma diferente de pessoa para pessoa. Os sintomas de TEPT aparecem mais comumente nas horas ou dias seguintes ao acontecimento traumático e algumas vezes pode durar semanas, meses, ou mesmo anos até que desapareçam.

Embora pareça que jamais vai superar o que aconteceu, procurar tratamento, buscar apoio e desenvolver novas habilidades poderá ajudar a pessoa a superar o transtorno de estresse pós-traumático e seguir em frente com a sua vida.

Os eventos traumáticos que podem levar o trasntorno de etresse pós-traumático TEPT incluem:

  • Guerra
  • Desastres naturais
  • Acidentes de carro ou avião
  • Ataques terroristas
  • A morte súbita de um ente querido

  • Estupro
  • Sequestro
  • Assalto
  • Abuso sexual ou físico
  • Descaso na Infância

Ou qualquer evento devastador que deixa a pessoa presa e sentindo-se impotente e sem esperança.

A diferença entre TEPT e uma reação normal ao trauma

Após um evento traumático, quase todo mundo experimenta pelo menos alguns dos sintomas de transtorno de estresse pós-traumático. Quando o senso de segurança e confiança é abalado, é normal sentir-se um pouco louco ou desorientado.

É muito comum ter pesadelos, sentir medo, e achar que é difícil parar de pensar sobre o que aconteceu. Essas são reações normais a eventos anormais.

Para a maioria das pessoas, no entanto, estes sintomas são de curta duração. Eles podem até durar vários dias ou mesmo semanas, mas eles gradualmente cessam.

Se a pessoa possui transtorno de estresse pós-traumático (TEPT), os sintomas não diminuem e a pessoa não sente melhora. Na verdade, ela pode piorar a cada dia.

Uma reação normal ao trauma se torna TEPT quando a pessoa fica presa.

Após uma experiência traumática, a mente e o corpo ficam em estado de choque. Mas, quando a pessoa entende o que aconteceu e processa suas emoções, ela consegue sair da situação.

Com o transtorno de estresse pós-traumático (TEPT), no entanto, permanece em estado de choque psicológico. A memória do que aconteceu e os sentimentos sobre o assunto estão desconectados. Para seguir em frente, é importante enfrentar, sentir as lembranças e as emoções.
 
Fale conosco. Envie um formulário ou ligue – (11) 4414-5577

Sinais e sintomas de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT)

Os sintomas do transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) podem surgir de repente, aos poucos, ou ir e vir ao longo do tempo.

Às vezes os sintomas surgem aparentemente do nada. Em outros momentos, eles são acionados por memória do evento traumático original, como um ruído, uma imagem, um cheiro ou certas palavras.

Existem três tipos principais de sintomas:

Revivendo o evento traumático

  • Intrusivos, memórias perturbadoras do evento;
  • Lembranças (agir ou sentir como se o evento está acontecendo de novo);
  • Pesadelos (ou do evento ou de outras coisas assustadoras);
  • Sentimentos de intenso sofrimento quando se lembra do trauma;
  • Reações físicas intensas a lembrança do evento (por exemplo, palpitações, respiração rápida, náuseas, tensão muscular, sudorese).

Evitando lembranças do trauma

  • Evitar atividades, lugares, pensamentos ou sentimentos que lembra o trauma;
  • Incapacidade de lembrar aspectos importantes do trauma;
  • Perda de interesse em atividades e da vida em geral;
  • Sentindo-se isolado dos outros e emocionalmente entorpecido;
  • Senso de um futuro limitado (não sonha em casar-se, ter uma vida normal, ter uma carreira).

O aumento da ansiedade e excitação emocional

  • Dificuldade de dormir ou manter o sono;
  • Irritabilidade ou explosões de raiva;
  • Dificuldade de concentração;
  • Hipervigilância (em constante “alerta”);
  • Sentindo-se nervoso e facilmente assustado.

Outros sintomas comuns de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT)

  • A raiva e irritabilidade;
  • A culpa, vergonha ou auto culpa;
  • Abuso de substâncias;
  • Sentimentos de desconfiança e traição;
  • A depressão e desesperança;
  • Pensamentos e sentimentos suicidas;
  • Sentindo-se alienado e sozinho;
  • Dores físicas.

 
Entre em contato com a Clínica Maxwell agora! – (11) 4414-5577

Os sintomas do TEPT em crianças e adolescentes

Em crianças e adolescentes, especialmente aqueles que são muito jovens, os sintomas de TEPT podem ser diferentes dos sintomas em adultos. Os sintomas em crianças incluem:

  • O medo de ser separado dos pais;
  • Perder habilidades anteriormente adquiridas;
  • Os problemas do sono e pesadelos sem conteúdo reconhecível;
  • Jogo sombrio, compulsivo em que temas ou aspectos do trauma são repetidos;
  • Novas fobias e ansiedades que parecem não relacionados ao trauma (como um medo de monstros);
  • Agindo fora o trauma através de brincadeiras, histórias, desenhos;
  • Dores sem causa aparente;
  • Irritabilidade e agressão.

Transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) causas e fatores de risco

Embora seja impossível prever quem irá desenvolver TEPT em reação ao trauma, existem alguns fatores de risco que aumentam sua vulnerabilidade.

Muitos fatores de risco giram em torno da natureza do próprio evento traumático. Os eventos traumáticos são mais propensos a causar TEPT quando envolvem uma ameaça grave à vida ou à segurança pessoal. Quanto mais extrema e prolongada a ameaça, maior o risco de desenvolver TEPT.

As causas, tais como estupro, agressão e tortura também tendem a ser mais traumático do que catástrofes ou acidentes e desastres mais impessoais.

Outros fatores de risco para o transtorno de estresse pós-traumático incluem:

  • Experiências traumáticas anteriores, especialmente no início da vida;
  • Histórico familiar de TEPT ou depressão;
  • Histórico de abuso físico ou sexual;
  • Histórico de abuso de substâncias;
  • Histórico de depressão, ansiedade, ou outra doença mental;
  • Alto nível de estresse na vida cotidiana;
  • Falta de apoio após o trauma;
  • Falta de habilidades de enfrentamento.

Obtenção de ajuda para o transtorno de estresse pós-traumático (TEPT)

Se suspeitar que algum familiar tenha transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) é importante procurar ajuda imediatamente. Quanto mais cedo procurar ajuda para o TEPT, mais fácil será vencê-lo.

Se a pessoa está relutante em pedir ajuda, tenha em mente que o TEPT não é um sinal de fraqueza, e a única maneira de superá-lo é confrontar o que aconteceu e aprender a aceitá-lo.

Este processo é muito mais fácil com a orientação e o apoio de um terapeuta experiente ou médico.
 
Envie um formulário ou ligue para a Clínica Maxwell – (11) 4414-5577